Memorial do Consumo

Slogan do analgésico Doril caiu no uso cotidiano

doril-A DM Farmacêutica (então Dorsay Monange) comprou a marca de analgésico Doril de um laboratório mineiro na década de 70 e promoveu uma modernização visual no produto. Para divulgar a mudança e dar visibilidade à marca, até então com vendas sazonais concentradas no período de inverno, a empresa encomendou ao seu departamento de marketing uma campanha marcante para a chegada da estação mais fria do ano.

O trabalho ficou a cargo do Roberto “Dudu” Carvalho e explorou o slogan “Doril manda a gripe para o inferno”. “A concorrência tinha produtos vendidos em consignação e lançamos a campanha em cima da hora, por isso precisávamos de algo forte”, recorda Dudu, da produtora Movi&Art. Depois de focar a gripe em um primeiro momento, a companhia decidi mudar a mira para o segmento de analgésicos.

Durante as discussões para a segunda investida surgiu uma brincadeira com as palavras Doril e sumiu. Dessa associação saiu o novo slogan do produto, “Tomou Doril, a dor sumiu”, e uma das campanhas de maior assimilação do público, que passou a utilizar a expressão “tomou Doril” em situações do cotidiano. Até mesmo Silvio Santos, em seus programas no SBT, fazia alusão ao bordão em brincadeiras com seu companheiro locutor, Carlos Lombardi.

O primeiro filme foi protagonizado pela atriz Claudia Mello. Ela saía de uma farmácia e falava para a câmera: “Olha, agora mesmo eu estava com uma dor de cabeça horrível. Tomei Doril, a dor sumiu!”. No final, a locução assinava “Doril manda a dor para o inferno”. A receita deu tão certo que a empresa passou a adotar a estratégia de usar atores famosos nas produções.

Emprestaram seus rostos para peças publicitárias do produto personalidades como Regina Duarte (veja dois deles abaixo), Paulo Autran, Jô Soares, Eva Wilma, Luiza Tomé, Chico Anysio, Antônio Fagundes, Claudia Jimenez, Pedro Cardoso e Denise Fraga. Denise, por exemplo, participou da campanha durante vários anos e protagonizou comerciais de destaque. Em um deles, ela aparece sentada no sofá de casa. Sua família inteira está batendo em sua cabeça com martelos cenográficos enormes. Enquanto sofre o ataque, ela diz: “Tem coisa que fica martelando a cabeça da gente o dia todo. É levar criança na escola, fazer almoço… Aí eu tomo Doril (nesse momento, a família toda desaparece) e a dor de cabeça some”. Depois de uma grande gargalhada, a atriz arremata pronunciando o slogan “Tomou Doril, a dor sumiu!”.

Uma centena de atores desconhecidos também participou da ação em filmes que davam receitinhas caseiras para curar a gripe – como limão com alho e, é claro, Doril. A campanha do medicamento teve mais de 50 produções em sua história, todas elas criadas e dirigidas por Dudu.

O profissional também foi responsável pela criação e direção de trabalhos na DM para diversos outros produtos, como Biotônico Fontoura, Gelol, Benegrip, Zero-Cal, Hidratante Monange, Engov, Merthiolate, Cenoura&Bronze, Apracur, Melhoral, Atroveran, Leite de Colônia, Balas Supra Sumo, Lacto Purga, Estomazil, Licor de Cacau Xavier, Adocyl e Shampoo Monange.

Ficha técnica
Título: “Tomou Doril, a dor sumiu!”
Anunciante: DM Indústria Farmacêutica
Produto: Doril
Agência: My Agencia
Criação: Roberto “Dudu” Carvalho
Direção de criação: Roberto “Dudu” Carvalho
Produtora/filme: Lynxfilm (até 1993) e Movi&Art
Direção/filme: Roberto “Dudu” Carvalho
Direção/fotografia: Geraldo Gabriel e Joel Lopes
Aprovação/cliente: Nelson Morizono

Veja dois, com a atriz Regina Duarte:

ABOUT THE AUTHOR