Memorial do Consumo

O empreendedor social vai nos salvar?

socialentrepreneur

O que é empreendedorismo social? Quem é o empreendedor social? Todo mundo já ouviu falar deles, mas não é coincidência que este figura tenha ganhado força justamente agora. 

O empreendedor social é diferente do empreendedor? Bom, como artigo analisa, o simples ato de dar um nome diferente já o suficiente para criar diferenças. Dar um nome diferente separa e delimita, neste caso, um grupo de pessoas. Então, no que essa figura é diferente? O empreendedor social aparece na conjunção de dois grandes fenômenos do sistema que vivemos: a destruição criativa que alimenta o mercado e a chamada “questão social” que é como a sociedade percebe e organiza aqueles que ficaram marginalizados pelo sistema.

O espaço que o personagem do empreendedor social tem conquistado nos meios de comunicação é um movimento fundamental para a sua legitimação e também uma forma de reforçar a cultura que o norteia. Colocando-se como mais eficiente do que o governo e do que as ONGs tradicionais, o empreendedor social traz a veia competitiva do mercado e o discurso da eficiência para a busca do bem comum.

Os concursos entre projetos de empreendedorismo social e a forma como essas figuras são retratadas na comunicação reforçam a fé de que a competição mercadológica pode resolver os problemas enfrentados pela sociedade. Essa fé tem aparecido com mais força em Portugal, onde uma longa e persistente crise tem feito com que até o próprio governo estimule essa via de soluções. Mas não seria um peso muito grande para essas iniciativas?

As perguntas acima norteiam o artigo publicado na revista Universitas Humanística e são apenas uma parte da pesquisa do professor Vander Casaqui. Neste artigo ele faz o estudo de caso de algumas iniciativas de empreendedorismo social e de uma campanha do uísque Chivas, que representava essas figuras. A partir desses exemplos o artigo encontra as conexões com teorias que nos ajudam a entender melhor o tempo que estamos vivendo e os processos de transformação capitaneados pelo empreendedor social.

Você pode ler o artigo neste link: http://www.scielo.org.co/scielo.php?pid=S0120-48072016000100009&script=sci_arttext&tlng=pt . Leia e comente o que você achou. Participe da discussão!

 

SOBRE O AUTOR

é curiosa, adora viajar e perguntar o porquê das coisas. Se formou na ESPM e trabalhou em grandes agências. Hoje atua como redatora, pesquisadora e estrategista independente. É mestranda do PPGCOM-SP