Memorial do Consumo

As análises empíricas da comunicação e do consumo

As diversas análises empíricas que envolvem a comunicação e o consumo tendem a aumentar a base crítica, fortalecendo a compreensão desses dois institutos. O Prof. Dr. Luiz Peres-Neto, integrante do corpo docente do PPGCOM ESPM, revisa conceitos de consumo a partir de consagradas teorias da comunicação e apresenta uma análise acerca dos estudos acadêmicos produzidos no Brasil envolvendo os dois temas.

Em um primeiro momento, Peres-Neto apresenta uma recordação histórica das teorias da comunicação no Brasil e, ao analisá-las, ilustra uma divisão de Escolas como forma de “divisão epistemológica”, colocando as Escolas de Palo Alto, Chicago e Frankfurt como basilares para os estudos da Comunicação.

O artigo ainda nos traz diversas definições acerca da interface comunicação e consumo.

Peres-Neto ainda nos traz um estudo feito sobre os mais diversos trabalhos acadêmicos que envolvem o tema. O estudo bibliométrico feito em cima de um conjunto de textos tem o condão de apresentar uma visão dos referenciais utilizados para basear a temática.

Para ilustrar esse estudo são apresentados gráficos que demonstram as instituições que acolheram tal tema, a sua distribuição geográfica por todo o Brasil e a distribuição temática feita nos trabalhos, com vários enfoques subdivididos.

Como conclusão, Peres-Neto aponta que o referencial teórico utilizado nas áreas da comunicação e do consumo é múltiplo, mas determina que tal cenário não cria um problema e sim uma construção forte de referenciais.

Confira o artigo completo aqui.

SOBRE O AUTOR

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas do Consumo da ESPM-SP. Graduada em Publicidade e Propaganda pela ESPM-SP.